quarta-feira, 28 de fevereiro de 2007

Tornados e furacões no Brasil


28/02/2007
Um estudo recente mostra que o aquecimento global deverá tornar o clima do Brasil cada vez mais instável nos próximos anos, sendo que os primeiros sinais dessas mudanças já estão ocorrendo em algumas regiões do país.
A incidência de chuvas ou secas no país deverá variar em relação à intensidade, inclusive com futuras ocorrências de tornados e furacões.
Alguns fenômenos já estão causando prejuízos em diferentes partes do país, como por exemplo no caso de algumas construções e torres de transmissão, que são destruídos por vendavais de proporções nunca antes vistas.
Outro exemplo foi o furacão Catarina, o primeiro a atingir o Brasil em toda sua história no ano de 2004, além da pior seca dos últimos 50 anos em grande parte da Amazônia e a seca que acabou com as lavouras no Rio Grande do Sul no ano passado.
Alguns ainda podem pensar que esse próximo inverno será rigoroso, uma vez que o verão 2007 está apresentando temperaturas mais baixas, mas isso não tem nenhuma ligação. Por causa do El Niño de média intensidade que atinge o Brasil neste ano, o próximo inverno deverá ficar em média 18% mais quentes, e ocorrências de frio intenso durante as madrugadas, ocorrerão de forma rara em Divinópolis.

10 comentários:

  1. Anônimo11:21

    nossa mas isso foi bem serio

    ResponderExcluir
  2. Anônimo18:45

    Não tem todas as informações que eu precisava, da para acrecentar algo, mais claro!

    ResponderExcluir
  3. Anônimo17:28

    Tem todas as informações que precisava. valeu pela ajuda!:)

    ResponderExcluir
  4. Anônimo12:10

    quais as probabilidades, de acontecer um fenonemo igual ou parecido com o ocorrido no japão, aqui em santa catarina?

    ResponderExcluir
  5. Não somos geólogos, porém mesmo dentro da nossa limitação nesse assunto podemos dizer que terremoto de tal magnitude é muito dificil por aqui devido à nossa distância da junção mais próxima com a placa continental Africana, que circunda todo o litoral da África. O Brasil é um país situado num ponto estratégico praticamente livre de grandes terremotos. Mas infelizmente não podemos dizer o mesmo para Tsunamis, pois se houver um terremoto oceânico forte ocasionado pelo atrito das placas continentais sul-americana e africana, o litoral brasileiro pode ser afetado. Mas por enquanto, vemos que essas 2 placas (Sul-Americana e Africana) até o momento mantém uma "certa convivência pacífica" sem muitas ocorrências de terremotos.

    ResponderExcluir
  6. Anônimo08:26

    bem serio mesmo

    ResponderExcluir
  7. A possibilidade de haver um tsunami decorrente de tectonismo no Atlantico Sul é quase nula. Pois as placas Sul Americana e Africana, se afastam, ou seja, são divergentes. E não há atrito do modo necessário para se gerar tsunami. Elas se afastam, ao contrário das placas convergentes que se aproximam, e das placas transformantes que "andam" lado a lado, assim tendo os maiores atritos. O que poderia causar tsunamis no Brasil, seria algum deslizamento de muita intensidade em alguma parte do Atlantico Sul, o que não é nada comum.

    ResponderExcluir
  8. Anônimo18:29

    me ajudou no trabalho sobre o tempo no brasil

    ResponderExcluir
  9. Anônimo20:21

    Bem sério mesmo sem em

    ResponderExcluir
  10. não tinha as informações que preciso mais tudo bem,e isso foi bem sério

    ResponderExcluir